José Paulo Fafe

Vítor Gaspar


POSSO ESTAR enganado, mas ninguém me tira da cabeça que daqui a uns anos e à semelhança do que ocorreu com MIguel Cadilhe nos anos 80 e 90, o agora ex-ministro Vítor Gaspar ainda vai ser lembrado com saudade por grande parte daqueles que, hoje, estalam rolhas de garrafas de champanhe e rejubilam nas redes sociais a propósito da sua demissão. Até porque Gaspar é uma daquelas pessoas que pensa pela sua própria cabeça – e isso nos tempos que correm, é uma grande virtude. Acreditem…

2 ComentáriosDeixe um comentário

  • Amigo ZPF
    Seguramente tens razão quando dizes que será lembrado com saudade.
    Marquês de Pombal, um dos maiores tiranos e ditadores da nossa história até tem uma Estátua no coração de Lisboa.
    Salazar foi votado pelo povo o Português mais importante do Século XX.
    Todos eles tinham a virtude de pensarem pelas suas próprias cabeças…………
    Champagne não bebi.
    Primeiro só gosto do belíssimo e não posso comprá-lo e segundo jamais gastaria com Gaspar tanto dinheiro,nem ele ia gostar……..
    Mas garanto-te que analisando a sua prestação desde os anos 80 não lhe podemos dar tantos créditos como muitos tambêm querem dar-lhe.
    Muito mais preocupado estou com a volta certa do PS ao Governo e mais que isso, medo de um PM como António Seguro.
    E é o que vai acontecer.
    Dizem que até lá ainda vai o Costa para líder… Venha o diabo e escolha.
    Tudo por má gerência de comunicação deste Governo de Passos Coelho que nunca conseguiu,pior, nunca quis nem se esforçou, explicar aos Portugueses os porquês do que faziam, como iriam fazer e para quê. Limitaram-se a não fazer nada do que tinham prometido e a fazer tudo o que tinham prometido não fazer………………..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *