José Paulo Fafe

Uma resposta de se lhe tirar o chapéu!


É FÁCIL “bater” no primeiro-ministro. Fica bem, rende perante amigos e correligionários, a família gosta, chega mesmo a ser cool desancar Pedro Passos Coelho e o seu governo nas redes sociais. Pois é… Mas de vez em quando ficava bem a esses “profissionais do facebook”, sedentos de zurzir a torto e direito em tudo o que cheire a poder, que tivessem a “grandeza” (chamemos-lhe assim…) de referir atitudes que, por infelizmente não serem já muito normais em quem nos últimos tempos nos tem governado, se tornam surpreendentes. Refiro-me à escuta hoje divulgada pelo semanário “Sol” e que envolve o primeiro-ministro e o banqueiro José Maria Ricciardi, por sinal e ao que parece amigos de longa data – especialmente no que diz respeito forma como Passos Coelho atalhou (e “cortou pela raíz”) uma queixa feita durante um telefonema  por este homem-forte do grupo Espírito Santo e presidente do BESI relativamente à privatização da EDP e da REN: “Desculpa, mas não posso falar contigo sobre esse assunto“. Ponto final! É preciso dizer mais alguma coisa?

3 ComentáriosDeixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *