José Paulo Fafe

A um passo da vitória na primeira volta

QUANDO HÁ uns meses alvitrei neste espaço que Dilma Roussef poderia vir a ganhar as presidenciais brasileiras logo à primeira volta, existiu logo quem se apressasse a comentar essa minha previsão (que mais não era que uma simples suposição de quem gosta de ouvir quem sabe…) como se do maior disparate se tratasse. A verdade é que a pouco mais de um mês da primeira volta das eleições que ditarão o sucessor de Lula, a candidata do PT já ultrapassou os 50 por cento nas sondagens. Até pode ser que até lá – embora nada o faça prever – José Serra consiga encurtar a distância e fazer Dilma descer abaixo da fasquia de metade dos votos expressos nas urnas. Mas cheira-me que vai ser difícil…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *