José Paulo Fafe

Um partido à deriva

É CURIOSO o silêncio que se abateu sobre a sucessão de Manuela Ferreira Leite à frente do PSD. Após um frenético desfilar de pré-candidaturas, de múltiplas movimentações em tudo o que era bar e restaurante de hotel de cinco estrelas por essa Lisboa fora, eis que repentina e aparentemente o tema deixou de estar no centro das atenções, não só do “planeta laranja” mas da própria agenda jornalística. Enquanto isso, o partido vai sendo liderado na prática pela dupla formada pela fragilizada Manuela Ferreira Leite e por um politicamente insignificante José Pedro Aguiar Branco, com este último ainda a sonhar que poderá chegar a sua hora em sentar-se no principal cadeirão da Rua de S.Caetano à Lapa. Valha-nos Deus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *