José Paulo Fafe

Um “número” desnecessário…

A IRRESISTÍVEL tendência de Paulo Portas em protagonizar “números” começa a roçar as raias do ridículo… Leio que o advogado escolhido para “avaliar as declarações” (absurdas e insultuosas) da euro-deputada socialista Ana Gomes e decidir se as mesmas mereciam, ou não, a a mais que merecida queixa-crime (mas existe alguma dúvida?!) foi o advogado Garcia Pereira. Sem colocar em causa os méritos do causídico em causa, fica a mais que justificada dúvida se esta escolha não se deveu, apenas, ao facto do advogado em causa ser (ainda) um destacadíssimo dirigente do MRPP/PCTP, o partido de que acolheu em tempos e dra. Gomes e de que ela foi uma fervorosa e dedicada militante nos furiosos anos 70. São estas pequenas “coisas”, estes “números” de trazer por casa que menorizam quem devia, pura e simplesmente, encostar a desbocada senhora “às cordas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *