José Paulo Fafe

Um folhetim pífio…

ESTE VERDADEIRO “folhetim” em redor de uma alegada carta de demissão de Luís Nobre Guedes do cargo de vice-presidente do CDS há não sei quantos anos e que Paulo Portas teria escondido numa qualquer recôndita gaveta do Largo do Caldas “cheira a esturro”. Alguém me pode explicar qual o interesse dessa historieta sem significado ou sentido a que os jornais deram desmesurada e rídicula importância? Será que já é só assim que Portas consegue ser notícia? Cheira demasiadamente a “número” (e pífio) para ser levado a sério…

1 comentárioDeixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *