José Paulo Fafe

Tristes e poupadinhos…

É IMPRESSIONANTE as horas que as nossas TV’s “gastam” com os programas de voxpop… “Opinião Pública”, “Discurso Directo”, “Antena Aberta”, eu sei lá, uma série interminável de programas que mais não são que um pivot e uma câmera (às vezes, quando muito com um convidado) ouvindo os telefonemas com as opiniões dos mesmos telespectadores de sempre, com aqueles clichés para que já não há pachorra (“a culpa é dos políticos…“, “andam todos a gamar” e outras banalidades do género) a que o pivot ora acena afirmativamente com a cabeça, ora sorri ligeiramente, ora põe um ar condoído, ora despacha o interlocutor de qualquer maneira. É o retrato triste de um País triste. E é o retrato triste de como as nossas televisões arranjaram maneira de poupar dinheiro. É que sempre é mais barato que exibir uma série ou fazer uma reportagem, n’é?

1 comentárioDeixe um comentário

  • Descobri o Blog via referência noutro.
    Dei comigo neste poste, entre outros, que me chamou a atenção.
    Fui obrigado pela família a contratar a TV paga – que de resto também, tirando o futebol, deixa muito a desejar, mas enfim é uma alternativa.
    Na realidade o “pessoal” começou a ficar cheio(!) dessas ditas generalistas a sacar o “carcalhol” ós parolos com os 0,60€ + IVA a troco duns euritos condicionados.
    Será que a Santa Casa da Mesericórdia lhes concedeu licensa de jogos?
    Parece-me um assunto a ser devidamente escalpelizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *