José Paulo Fafe

Triste…

ACABEI AGORA mesmo de ver (e ouvir) o secretário de Estado dos Desportos, num tom ameaçador, mandar um recados aos jogadores que integram a selecção nacional de futebol que, pelos vistos, cometeram o crime de lesa-Pátria em ter opinião própria. Com voz grossa, ar de mauzão, ameaçador mesmo, Laurentino Dias, ao “mandar calar” os futebolistas escolhidos por essa outra “luminária” que responde pelo nome de Carlos Queirós, perdeu – ele mesmo – uma excelente oportunidade para estar calado. Além de ser triste ver alguém que, até pelos anos que possui como governante, ainda não aprendeu que ser secretário de Estado do Desporto não é propriamente a mesma coisa que ser dirigente da Associação Desportiva de Fafe. Pelos vistos o inefável Lello deixou “escola” naquele gabinete. Pelo menos no que diz respeito ao ridículo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *