José Paulo Fafe

Três perguntas a propósito de Efromovich…


PRIMEIRA PERGUNTA: alguém já fez contas e chegou a alguma conclusão sobre quanto é que Germán Efromovich precisaria para lançar uma companhia aérea em Portugal que concorresse com a TAP? Segunda pergunta: hoje, após o autêntico, exaustivo e detalhado “raio x” que os consultores de Efromovich fizeram à companhia aérea nacional nas últimas semanas, existirá alguém mais bem-informado sobre a verdadeira situação da TAP (a todos os níveis…) que o dono da Avianca? Terceira (e última) pergunta: quanto tempo faltará para Efromovich anunciar a criação de uma companhia aérea em Portugal para concorrer com a TAP? Esta é a única pergunta para a qual eu (ainda) não tenho resposta…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *