José Paulo Fafe

Tal e qual o João Pedro…

PRIMA PELA discrição e quem com ele trabalhou, sabe que alia a sensatez a uma lealdade sem limites. Chama-se João Pedro Ferreira (ou João Ferreira) e durante anos dirigiu o “Tal&Qual” com um tino, argúcia e a tal discrição de se lhes “tirar o chapéu”. Embora tenha “nascido” para o jornalismo já para o tarde – foi até quase aos trinta anos, se não me engano, professor de História – o João parecia que andava naquelas lides desde muito novo, tal a sua competência e profissionalismo. Trabalhámos juntos alguns anos e muitas vezes houve quem tentasse “intrigar” um contra o outro. Nunca o conseguiram. Houve mesmo quem, dentro do “T&Q” apostasse que a nossa relação profissional não duraria três meses, que nos iriamos engalfinhar num ápice. Enganaram-se redondamente – durou o tempo que tinha que durar, diga-se de passagem, anos… E mais: ficou, desde aí, uma relação de estima e respeito que perdura até hoje.
Vem tudo isto a propósito da “NS“, a revista que acompanha aos sábados as edições do “Diário de Notícias” e do “Jornal de Notícias” e de que ele é o máximo responsável editorial. Na minha opinião, uma excelente revista e – aí está – equilibrada, ponderada, sensata, inteligente. Tal e qual o João Pedro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *