José Paulo Fafe

Suposição

FOSSE EU accionista da PT e tivesse integrado o bloco que votou favoravelmente a venda da participação na Vivo à Telefónica, dificilmente resisitiria a exigir, até à última instância – fosse ela portuguesa ou europeia… – o meu mais do que justificado direito em receber de quem impediu a venda, o valor das minhas acções ao preço da oferta que foi aceite pela esmagadora maioria de quem as verdadeiramente pagou – que não foi o caso do Estado português que nunca gastou um único cêntimo para deter essa tão badalada “golden share”.

1 comentárioDeixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *