José Paulo Fafe

Simón Bolívar segundo Karl Marx…


EU ACREDITO que a revelação da opinião que Karl Marx possuía sobre o herói latino-americano Simon Bolívar desiluda uma certa esquerda que se revê (ou pensa rever) naquela coisa esquisita que se auto-denomina como “socialismo bolivariano” e que governa a Venezuela já lá vão uns anos. Mas não resisto a citar o “pai” do marxismo quando, em 1857 e numa breve análise destinada ao “New York Daily Tribune”, definiu Bolívar como “uma personagem medíocre e grotesca“. Lembrei-me disso quando hoje li a entrevista do insuspeito cineasta brasileiro Cacá Diegues ao “Estadão” e, quando questionado se no seu entender ainda existe direita e esquerda, ele dá como exemplo o caso venezuelano: “(…) o governo  se declara de esquerda e bolivariano, mas o próprio Marx considerava Bolívar um aventureiro sem escrúpulos (…)“. 
Não faço a mínima ideia se o famoso pajarito que leva os recados do defunto Hugo Chávez ao seu “herdeiro” Nicolás Maduro alguma vez teve a coragem de chilrear-lhe ao ouvido tamanho sacrilégio, mas cheira-me que se assim fosse já tinha acabado numa gaiola…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *