José Paulo Fafe

Sempre ao lado, sempre ao lado…


ALGUMAS HORAS depois das televisões terem mostrado à exaustão uma prolongada conversa de rua  entre Pedro Passos Coelho e uma senhora que estava à janela durante uma passeata promovida pelo PSD em Sintra, António José Seguro não arranjou melhor tema para a sua campanha que acusar o primeiro-ministro de “fugir das pessoas” e  “refugiar-se entre o carro e os palcos de campanha“. Mas não há ninguém à volta de Seguro capaz de aconselhá-lo devidamente?!

3 ComentáriosDeixe um comentário

  • Amigo ZPF
    Portugal sempre foi pobre, tambêm, em assessores de imagem e conselheiros. Gente que veja e leia tudo o que se diz ou faz nos outros Partidos para que o Líder esteja sempre actualizado.
    Os Britânicos e Americanos são peritos no que é uma das coisas mais importantes em qualquer campanha eleitoral. Para isso,claro, é necessário gente qualificada e inteligente, não os amigos e familiares de turno que geralmente não têm perfil para nada a não ser encher os bolsos a fazer nada.
    Não me estranha nada que Seguro e Coelho andem sempre “às aranhas” e digam as maiores baboseiras jamais ouvidas. Dizem coisas que não devem pois atingem os ouvidos internacionais, criticam-se no pessoal em vez de no profissional, põem os interesses pessoais e de Partido, caciquismo puro, à frente dos interesses da Nação, portanto, do nosso,povo.
    Cavaco que toda a vida fez o mesmo, tenta agora que eles façam o contrário.Certamente para ficar bem na fotografia, mas como diz Violetta numa das Óperas mais conseguidas de Verdi, “è tarde”!!!

  • Amigo ZPF
    As últimas semanas de campanha deram a estucada final ao PSD.
    Coelho,que devia ter estado calado e “invisível” durante toda a campanha, apareceu e só disse disparates.
    Ameaçou com segundo resgate, direccionou as ameaças e ódios a Seguro, enfim, fez da campanha autárquica, legislativa.
    Teve a resposta do votantes.
    O trabalho dos Partidos políticos tem que mudar de rumo…..
    Primeiro deviam dar o exemplo e pagar impostos como qualquer empresa.
    É uma vergonha que na “casa da democracia”, como os detentores da sanguinária ideologia Comunista chamam aquele ninho de negócios, não se dê igualdade de deveres a todos os portugueses.
    Ontem,nas eleições locais, o Porto,Rui Moreira(a quem dou os parabêns pela esmagadora vitória) e o CDS (que não foi na cantiga de Lisboa e não apoiou Menezes) deram uma lição ao País.
    O PSD perdeu a Câmara e Menezes ficou no vergonhoso 3º lugar, atrás mesmo dos Socialistas.
    Matosinhos deu a lição ao PS.
    Outra vergonha que mostra bem o caciquismo e “amiguismo” dos Partidos na hora de elegerem os seus candidatos!!!Perderam.
    Os Partidos devem pensar que se a lei permitisse eles já não estavam sentados nas cadeiras da AR pois com o passar dos anos de decadência democrática, tinham desaparecido. Se a lei permitisse independentes candidatar-se a São Bento sem apoio de Partido algum, já há muito tempo que era isso mesmo que tínhamos na cena política. PM’s independentes.
    Creio que chegou a hora de mudar este País.
    Quarenta e tal anos de Ditadura( a NÃO corrupta ) de “Estado Novo” com mais 40 de ditadura corrupta Parlamentar, chegam!!!
    Todos tiveram mal nesta campanha,todos menos os Independentes……………..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *