José Paulo Fafe

Seguro: atirar a toalha ao chão


SEGUNDO O jornal “Público”, António José Seguro já não esconde que “deixou de acreditar na queda do governo antes do fim da legislatura“, uma interpretação que revela bem o estado de espírito (e ânimo..) do líder do PS a menos de um mês das autárquicas. Se a isso somarmos a entrevista que António Costa deu esta semana ao semanário “Sol” e onde deixou alguns “recados” bem explícitos ao líder socialista, percebe-se que o consulado de Seguro está cada vez mais tremido e nem o facto de estatutariamente ter “chutado” o próximo congresso para lá das próximas legislativas o livrará de ser apeado do poder antes do seu partido ter de apresentar um candidato a primeiro-ministro. É o que se chama “atirar a toalha ao chão”…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *