José Paulo Fafe

Recordar é viver (II)

NO DEBATE que opôs os líderes do PSD e do CDS/PP, Paulo Portas queixou-se algo amargamente do facto dos social-democratas não terem aceite formar uma coligação pré-eleitoral para apresentarem-se juntos no próximo dia 5. Pena que Pedro Passos Coelho não tenha lembrado ao seu oponente idêntica recusa – mas desta feita de Portas quando, em 2005 (após Jorge Sampaio ter dissolvido a Assembleia da República e na prática demitido o governo PSD/CDS), virou as costas a um entendimento pré-eleitoral nas eleições que deram a primeira vitória a José Sócrates. Lembram-se?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *