José Paulo Fafe

Quem não quer ser lobo… não lhe veste a pele!

                                                                                                                                                  Foto: JN

PELO QUE leio anda por aí muito boa gente indignada porque cerca de duas centenas de pessoas aos gritos de “A ponte é nossa!” e “Fascismo nunca mais!” foram ontem, em dia de greve geral, identificadas pela PSP e hoje presentes a Tribunal por tentarem, sem êxito, cortar o trânsito na A5, que liga Cascais a Lisboa, e na ponte 25 de Abril. Mas alguém me conseguirá explicar onde está o “escândalo” que tem motivado a indignação de uns quantos? Será que é lícito bloquear estradas e pontes? Para mim, sinceramente não. Poderá ser, aos olhos de muitos, legítimo, não o questiono – agora lícito, vou ali e já venho…

2 ComentáriosDeixe um comentário

  • Amigo ZPF
    Nem legítimo,a meu ver, nem lícito e perigosíssimo!
    Chegaram a bloquear um viaduto de acesso à ponte pelo que vi hoje numa das imundas cadeias de TV que temos.
    Imaginemos um acidente em cadeia em que geralmente os do meio morrem,como já se viu muitas vezes por o primeiro ter que travar de repente e todos os outros que o seguem se enfaixam uns nos outros.
    Uma via rápida é isso mesmo e os conductores portugueses têm o pé pesado,ou seja, ninguêm vai aos já perigosos 120km/h numa situação de travagem repentina,vão sempre a 140 ou 160.
    Estes manifestantes alêm de instintos assassinos,têm tambêm de suicidas.
    É por lei proibido bloquear auto-estradas ou vias rápidas mas o que preocupa é a inconsciência deste povo que nada faz quando devia e só faz porcaria quando pode……

  • Tudo bem, concordo absolutamente. Só penso que os gajos se enganaram redondamente. Aquela não é a Ponte Salazar? É que esses bloqueadores antifascistas parece que queriam interromper o trânsito numa qualquer ponte 25 de abril que, sinceramente, não sei onde fica nem quando foi inaugurada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *