José Paulo Fafe

Que tal parar para pensar?

CAUSA ALGUMA impressão os sucessivos erros que a candidatura de Cavaco Silva tem vindo a cometer nos últimos dias. Primeiro foi aquela estranha postura de Cavaco no debate televisivo com Manuel Alegre onde, inesperadamente e vá lá saber-se porquê, resolveu adoptar um estilo agressivo e pouco condizente com o perfil a que sempre habituou os portugueses; depois foi o inopinado ataque à administração do BPN que veio, ainda mais, colocar a sua meteórica e lucrativa passagem pelo quadro de accionistas da SLN na ordem do dia e suscitar reacções e perguntas de quem até aí tinha estado à margem do “folhetim”; a seguir, a sua insistência em tentar transformar qualquer crítica que lhe seja dirigida num alegado “insulto pessoal”, num mais que visível desrespeito pela inteligência de quem o escuta; e finalmente – como se não bastasse, esta tendência insuportável em tentar por tudo e por nada em “vitimizar-se”, como foi hoje o caso da declaração lida por Alexandre Relvas a propósito da exigência pública que Alegre lançou no sentido de Cavaco tornar público a quem vendeu o já famoso lote de acções da SLN. Pode ser que me engane, mas acho que por aquelas bandas falta quem pare um bocadinho para pensar, que é como quem diz falta alguma “sabedoria oriental”… Ou será que estou enganado?

1 comentárioDeixe um comentário

  • O busílis da questão
    “Eles” puseram as suas “poupanças” na” DONA BRANCA” (BPN) e enquanto lhes pagaram altos dividendos ,obtidos de forma especulativa ,tudo bem!!
    Quando a coisa começou a dar para o torto,ai Jesus ,que fazer?E vai daí decidiram nacionalizar o banco,como diz o sr. ministro das finanças:.”para evitar um desastre no sistema financeiro”
    É preciso ser “muito cara de pau “para vir dizer isto!,,o povo não é estúpido !!Hoje pouca gente tem dúvidas sobre este assunto.Está na cara que vocês apenas quiseram”salvar “as vossas poupanças e as dos vossos amigos…Se não é assim então expliquem á gente onde estão os 5.000 milhões de euros que a C.G.D. meteu no banco ,com o aval do Estado ,e que agora todos nós vamos ter de pagar????
    É assim em Portugal .É assim na Irlanda.É ASSIM…..
    “ELES”fizeram os seus investimentos. Os lucros chorudos que receberam durante anos são deles porque eles é que investiram .É justo!!…Mas eles sabiam e os BANCOS também ,que que estes investimentos eram de alto risco!!!
    Então porque tem de ser os Estados a salvar a Banca, com o dinheiro dos contribuintes que nada lucraram com este negócio?
    “NADA SE PERDE ,TUDO SE TRANSFORMA”..este é um principio universal que explica que ,se alguém perdeu muito dinheiro ,alguém teve de achar!!!eis aqui o busílis da questão!
    É só procurar quem tem o dinheiro e obriga-los a pagar de acordo com a sua cota-parte de responsabilidade. Difícil?….Não me parece !! poderão começar pelos chamados paraísos fiscais.
    Continuar a querer que sejam os cidadãos, que não tiveram voz activa neste processo,a pagar esta factura,é no mínimo irrealista e irá conduzir a conflitos sociais de consequências imprevisíveis.
    Porque meus senhores!!:……. Não há “ASNO” que aguente!!!!!!!
    Publicada por marsanto em 12:29 http//eucidadao.blogspot.com
    Publicada por marsanto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *