José Paulo Fafe

Primeiro… um congresso!

SOU OBVIAMENTE “suspeito” na apreciação, mas a proposta de Pedro Santana Lopes expressa hoje na sua coluna do “Sol” e em que defende, antes de mais (ou seja, da realização de “directas”), um congresso extraordinário do PSD que promova a necessária reflexão sobre tudo o que se passou nos últimos anos e, simultaneamente, proceda a uma avaliação (e porque não reformulação?) das bases programáticas e a própria identidade do partido, é a única proposta sensata que se ouviu nos últimos tempos a propósito do futuro do PSD. Porque, como diz o próprio Santana Lopes, “clarificar não é escolher à pressa um novo líder“… Por muito que alguns o desejem!

4 ComentáriosDeixe um comentário

  • É no mínimo curioso reparar que, contrariamente à imagem que tentam “colar” ao dr. Santana, é ele que nos “momentos-chave” mostra o bom senso e a serenidade de quem sabe e quer pensar.

  • É a única maneira de salvar o que ainda resta do PSD. Também acho que temos de pensar muito e só depois encontrar os protagonistas. Que naturalmente não terão de ser os que se põem em bicos de pés!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *