José Paulo Fafe

Presunção e água benta…


O MARIDO da D. Judite anda imparável. Desde que recebeu o indispensável “amén” familiar para tentar ser o candidato do PSD a Lisboa, o putativo, eterno e adiado candidato ao quer que seja, veio a público, numa entrevista ao “Sol”, afirmar que “ao ganhar em Sintra ( em 2001) permiti que Durão chegasse ao poder“. Coitado… Pelos vistos para o dr. Seara, nesse ano nem Santana Lopes nem Rui Rio, por exemplo (e já para não falar no que ocorreu em Gaia, Coimbra, etc.) derrotaram os candidatos socialistas em Lisboa e Porto… Se a egocêntrica criatura tivesse afirmado  “contribui”, ainda vá que não vá – agora “permiti” é caso para dizer que uma alarvidade desse tipo afinal “só lembra ao careca“!

1 comentárioDeixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *