José Paulo Fafe

Ponto com nó… ou sem nó?

HÁ SEMANAS que ando com uma dúvida: a que se deverá este inusitado, frenético e repentino interesse dos chineses em ajudar a nossa economia? E como sei que os chineses não são gente de “dar ponto sem nó”, dou comigo a pensar se tudo isso não terá contrapartidas secretas relacionadas com a exploração petrolífera na costa portuguesas? Será que existe algum “acordo secreto” assinado entre os governos de Lisboa e Pequim sobre esse tema – tão caro aos nossos (pelos vistos!) amigos chineses? E a Repsol, como é que ficará no meio disso? Será que a ajuda aos espanhóis também terá alguma coisa a ver com isso?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *