José Paulo Fafe

Os nomes dos ministros

NÃO VI toda entrevista de ontem de Pedro Passos Coelho à RTP – apenas uns quantos minutos finais. E contrariamente ao que afirmou, acho que a sua candidatura a primeiro-ministro não tinha nada a perder com a divulgação antecipada da composição do seu governo – pelo menos dos nomes que iriam ocupar as chamadas “pasta nucleares”. Acho mesmo que tinha muito a ganhar, desde que as figuras em causa fossem de peso e credibilidade “à prova de bala”. Dirão que isso poderia vir a provocar problemas no partido, com “barões” e “baronesas” amuados e criando-lhe problemas internos. É possível… Mas é exactamente nesses momentos que se vê a capacidade de liderança e a coragem de alguém que quer convencer os portugueses que será um bom primeiro-ministro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *