José Paulo Fafe

Os ciúmes do preterido

CONTARAM-ME HÁ dias (e quem sabe…) que foi um destacado jurista e professor social-democrata que resolveu dar “munições” aos socialistas para impedir a candidatura de Maria dos Prazeres Beleza ao Tribunal Constitucional. Possivelmente furioso com o facto de ter sido preterido na indicação do seu partido, a diletante criatura não perdeu tempo e “toca” de avisar o Largo do Rato acerca de uma intricada interpretação jurídica que veio a inviabilizar a eleição daquela que foi tida, durante dois mandatos, como uma das mais competentes juízas do Tribunal Constitucional.

2 ComentáriosDeixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *