José Paulo Fafe

Oliveira Costa, a reforma fiscal e Lula…

A PROPÓSITO do “caso BPN”, tem-se falado muito dos investimentos do grupo no Brasil, nomeadamente na aquisição do denominado “Esqueletão”, uma torre na Marginal Pinheiros em S.Paulo que a empresa ERGI (cujo capital era detido pela SLN, Sonangol e por um bizarro e pretenso arquitecto de apelido Cruz) comprou e vendeu em dois anos e meio com uma mais-valia superior a 250 milhões de dólares. Mas o que poucos sabem é que nesse período existiu quem tentasse “vender” a experiência em matéria de reforma fiscal de Oliveira Costa à administração Lula, chegando mesmo a existir contactos com o então ministro da Fazenda António Palloci, no sentido do antigo presidente do BPN/SLN viajar até terras de Vera Cruz para prestar a sua consultadoria nesse domínio ao governo federal brasileiro. Conta quem sabe, fala quem viu…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *