José Paulo Fafe

O que é que ele havia de dizer?!

O PRESIDENTE do grupo Mota-Engil, António Mota, veio defender a construção do TGV. Segundo o “Diário de Notícias”, Mota considera-o mesmo “fundamental para o País“, ao mesmo tempo que propõe qaue as actuais linhas passem a servir para o transporte de mercadorias. Paralelamente, o “patrão” da Mota-Engil confirmou que esta empresa integra, conjuntamente com a Teixeiura Duarte e a Somague, um dos consórcios que vai concorrer à construção das linhas de alta-velocidade…

1 comentárioDeixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *