José Paulo Fafe

O “mensalão” e eu

NOS ÚLTIMOS dias tenho recebido vários telefonemas, quase sempre com a mesma pergunta, ou feita com preocupação ou – eu já ando aqui há anos suficientes anos para topá-los à légua… – com algum gozo e incontida satisfação “Então Fafe, estás envolvido no ‘mensalão’?” E tudo isto, porquê? Porque fui arrolado como testemunha de defesa (e abonatória, diga-se de passagem…) da minha amiga Zilmar Fernandes, sócia de Duda Mendonça, arguida deste célebre processo que fez abanar o governo de Lula da Silva há uns anos atrás. Aliás e pelo que li no “Diário de Notícias” de anteontem, compartilho esse estatuto de testemunha com outros portugueses, casos de Ricardo Salgado, António Mexia, Miguel Horta e Costa ou Diogo Leite de Campos – estes arrolados pelo célebre Marcos Valério, pelo ainda influentérrimo ex-chefe da Casa Civil de Lula José Dirceu ou por José Roberto Salgado.
Agradecendo de antemão a preocupação dos meus amigos, descansem pois não, não estou envolvido no “mensalão”. Quanto aos “outros”, desculpem lá o mau jeito e a desilusão que lhes possa ter causado, mas sou apenas testemunha – e ainda por cima abonatória…

1 comentárioDeixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *