José Paulo Fafe

O menino que mordeu o cão…

FAZ PARTE (ou fazia, sei lá…) das clássicas do jornalismo e era repetida à exaustão por chefes e mestres: “A notícia existe quando o homem morde o cão, nunca quando o cão morde o homem“… Gabriel Alexandre da Silva, um menino brasileiro de 11 anos de idade, merece por isso ser notícia -é que, para defender-se de um ataque de um pitbull, “virou-se” ao cão e mordeu-o no pescoço, a ponto de ter partido um dente: “É preferível perder um dente a perder a vida“, ainda teve tempo para “filosofar”…

1 comentárioDeixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *