José Paulo Fafe

O “efeito Carregueira” nas eleições de Oeiras

ISOLADO NA prisão da Carregueira, Isaltino de Morais tem vindo a condicionar (e de que maneira!) a campanha eleitoral em Oeiras. Não falo aqui da polémica candidatura à presidência da Assembleia Municipal nas listas do movimento liderado pelo seu antigo “vice” Paulo Vistas, mas sim da forma como os seus adversários políticos caem sucessivamente na esparrela de o trazer para o centro do debate político e tudo fazerem à sua volta. Atente-se por exemplo na campanha de Moita Flores que, apesar de há uns meses ter estado bem colocado nas sondagens,  tem vindo a escorregar por ali abaixo, em muito devido ao “fantasma” que tem pairado sobre inconsequente estratégia, toda ela subordinada a Isaltino e a uma agenda política comandada pelos seus “herdeiros”. O desvario e a falta de senso é de tal ordem que, depois de passarem semanas a fio a apontar o dedo a quem esteve e está com Isaltino, agora escolheram para primeira página do seu jornal de campanha nada mais nada menos que uma fotografia de um qualquer antigo apoiante do autarca de Oeiras, cuja adesão à candidatura do PSD é anunciada a toda a largura desta forma: “Autarca de Isaltino apoiam Moita Flores“. É quase caso para citar aquela velha expressão: “Se não os consegues vencer, junta-te a eles“…

2 ComentáriosDeixe um comentário

  • Amigo ZPF
    Por falar em eleições e vida democrática do nosso País lembrei-me logo que devíamos repôr a Democracia de uma vez por todas ilegalizando os Partidos que nunca deveriam ter sido legalizados.
    Coreia do Norte:
    “Inside North Korea’s brutal prison camps
    Prisoner Shin was beaten, starved, tortured and treated as a slave. Miraculously he escaped and survived to tell the tale”
    http://uk.news.yahoo.com/inside-north-korea-s-brutal-prison-camps-171717380.html#KvXDmde
    Este regime é defendido e respeitado pelo Partido Comunista Português e pelo Bloco que Esquerda que se recusam sempre na AR a condená-lo quando os Partidos Democráticos o fazem!!!!
    A Constituição Portuguesa não permite a legalidade de Partidos Políticos de ideologias fascistas ou ditatoriais.
    PORQUE É QUE O P.C.P E BLOCO SÃO LEGAIS?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *