José Paulo Fafe

O descaramento do vereador Fernandes

LÁ LATA não falta a esse expoente da irresponsabilidade que responde pelo nome de José Sá Fernandes. Numa recente entrevista à revista “Sábado”, o homem que custou milhões e milhões de euros à cidade de Lisboa pelas artimanhas legais que conduziram ao atraso das obras no “túnel do Marquês” tem o desplante de, com ar de vereador (sim, porque ele já põe ar de vereador…), afirmar que “todos os dias estou a tratar de falta de dinheiro ou de meias trapalhadas deixadas pelo dr. Santana Lopes“. Assim, com o descaramento de quem nunca teve a decência de pedir desculpa aos lisboetas (e não só) pelos incómodos e prejuízos causados pelo seu afã irresponsável e manhoso. Um mínimo de decoro não lhe ficava nada mal…

3 ComentáriosDeixe um comentário

  • Pois é o mais divertido são as cegadas deixadas para os outros resolver! E agora Senhor Vereador agora das duas uma ou damos tiros no pé, e o mais divertido é que vão ser nos dois pés, ou comemos sapos vivos.
    Desejos de boa pontaria e de fartas digestões.

  • Luis Cirilo achou piada mas eu nem isso..Deu-me vontade de chorar.Pela anormalidade de Sá Fernandes,pela anormalidade da Justiça Portuguesa que aceita como desafio algo que não tinha pés nem cabeça e que como disse e bem,custou milhões de euros á Câmara e a anormalidade da própria que não meteu Sá Fernandes em tribunal para que pagásse esse custo….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *