José Paulo Fafe

O deputado que não chegou a ser

PARA QUEM, como eu, viu no dia das eleições legislativas o cabeça-de-lista do PSD pelo círculo de Braga a, calma e serenamente e naquele seu jeito descontraído, comprar pão na “Sacolinha” do bairro do Rosário em Cascais, não fica nem um pouco surpreendido com a renúncia ao cargo de deputado protagonizada por João de Deus Pinheiro

2 ComentáriosDeixe um comentário

  • Está a ver a razão do CDS/PP ter “ganho” as eleições?
    “Cambada” deste género não presta. É “correr” com “eles” (leia-se Pachecos Pereiras, Aguiares Brancos, Marcelos,Manuelas e quejandos).
    O PSD/PPD tem de “expurgar as excrecências” se quiser ser ALGO (no sentido da Paternidade: “filho de alguém”), de contrário…

    Percebe porque não votei nessa…”cambada”?

  • O PM que nunca chegou a ser….
    “Pinto de Sousa, mais conhecido “pelo” Sócrates, ou também Senhor Sousa, por carecer de curso, renunciou ao cargo de PM depois de ter visto o noticiário da TVI hoje dia 19 de Outubro no ano da (des)graça de 2009,sobre a sua implicação descarada no caso das luvas de 2.000.000.00 de libras aquando das licenças para construção do Freeport”….
    Notícia tirada do Jornal “Isso é que era bom” do dia de “são nunca á tardinha” no Bairro do “Bem podem Esperar Sentados” na cidade do “Nunca Jamais” ( leia-se em Franciú,oficorsi )..Ai ai amigo ZéPaulo…isto está que fede….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *