José Paulo Fafe

O crime compensa…

EMBORA NÃO tenha rigorosamente nada a ver com isso (para além do facto de ser desde sempre leitor do “Diário de Notícias”, salvo um período em que me abstive de comprar o matutino para me poupar a algumas peças supostamente de investigação e que só revelavam o carácter acanalhado de quem as escrevia ou inspirava…), não consigo entender como é que alguém que foi o “coveiro” de um diário do grupo Controlinveste há pouco desaparecido passou agora a integrar a direcção do jornal. Será que porque dá sempre jeito um “pecêzito” para compor o ramalhete?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *