José Paulo Fafe

O “comboio” dos parolos


CONFESSO QUE ao ver a capa da última “Nova Gente” fiquei, tal como Marcelo Rebelo de Sousa quando soube da decisão presidencial em solicitar a fiscalização sucessiva do Orçamento de Estado ao Tribunal Constitucional, “com a boca em ó“… É que nunca na minha vida esperei alguma vez ver uma imagem tão grotesca  como a publicada pela “revista do IC-19”  e que nos mostra as figuras tristes e bacocas (desta feita no Brasil) que certas personagens não se coíbem de protagonizar, revelando assim a sua verdadeira faceta. Triste demais para ser verdade ver aquele autarca auto-inteligente que ainda não sabe se “troca” Sintra por Lisboa para entretanto abichar um lugarzinho em Bruxelas que, com aquele ar aparvalhado que o caracteriza, lidera de papelinho na mão uma fila de criaturas a dar à anca certamente ao ritmo de algum “forró” ou “canção sertaneja” e onde pontificam o inefável “Mendes dos bitaites” e, claro, a D. Judite – essa referência do jornalismo televisivo nacional. Um “mimo”, este verdadeiro “comboio dos parolos” como e bem definiu um amigo meu que, também – julgo –  ainda não recuperou do “choque”…

P.S: – Já agora e a propósito desta fotografia. lembrei-me do verdadeiro sururu que há uns anos causou uma fotografia de Pedro Santana Lopes numa festa a bordo de um cruzeiro. Só porque tinha amarrado um lenço à volta da cabeça. Ao menos não fazia figuras tristes…

8 ComentáriosDeixe um comentário

  • Oh Fafe bem que são parolos, matrecos e brugessos mas no fim lá estão eles com os seus passeios, e suas tias, e amigas, e profiterolles, reformas e alcavalas. E nós por aqui na maledicência quase inconsequente…

  • miguel vaz serra……. deixou um novo comentário na sua mensagem “O “comboio” dos parolos”:

    Amigo ZPF
    QUE HORROR!!!
    Como diz Paulo Ferreira, é um insulto ao que o povo está a passar precisamente às mãos do Partido de tão inconsciente gente…….
    E já agora lembro-me de ver PSL com o lenço e até lhe ficava bem!!! miguel vaz serra……. deixou um novo comentário na sua mensagem “O “comboio” dos parolos”:

  • Coisa que o Santana não é, é parolo. Esse defeito, bem como onde meter a mão na massa, não tem. O mesmo nao se pode dizer destas criaturinhas…

  • Amigo ZPF
    Os anónimos têm razão nas duas coisas!!!
    PSL sempre trabalhou e muito desde miúdo!
    Com 21 anos escrevia discursos para Sá Carneiro…( não era para qualquer um… )
    Tem um curso “dos de verdade”!!!
    Fez um excelente trabalho na Cultura quando nem havia Ministério e foi Secretário de Estado.
    Como Presidente das Câmaras da Figueira da Foz e Lisboa transformou o lixo em luxo!!!
    É dos poucos políticos nesta terra que tem sensibilidade social e não é por acaso que está agora como Provedor da Santa Casa de Lisboa.
    As pessoas adoram falar do que não sabem e os que sabem calam!!!
    Não é o meu caso.

  • gostava de saber o que significa para o blogger a palavra Parolo. Porque se ela tem a ver com o que faz o povo nas suas festas, o povo que sofre e que de vez em quando se alegra, então meu senhor o que você está a dizer não ataca o Seara ou outros que tais, mas esse povo que lhe paga a si e a todos nós.

  • O leitor Fernando gostava de saber o que significa para mim a expressão “parolo”. É fácil… basta ir ao sempre útil dicionário e lá encontrará a definição. Mas como, tantas vezes, uma imagem vale mais que mil palavras, penso que basta olhar para a fotografia que ilustra este “post” e para a figura de autênticos idiotas que o inefável Seara&Cia estão a fazer para que perceba, de facto, o que é a verdadeira “parolice”.
    Quanto a ser o “povo” a pagar-me, acredite que errou – e de sobremaneira – o alvo. Isso é porventura mais dirigido aos parolos que compõem a fotografia. Pelo menos a dois deles – acreditando que um deles aufere a reforma de a quem tem direito por ter exercido funções públicas durante largos anos. Ou não?
    Cumprimentos,
    ZPF

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *