José Paulo Fafe

O “Carmona Rodrigues à moda do Porto”

ESTE AFÃ de uma pretensa elite portuense (que na sua maioria já está “mais p’ra lá do que p’ra cá”…), capitaneada pelo inefável Miguel Veiga, esse verdadeiro ás de pena célere e plagiadora, em tentar impedir que Luís Filipe Menezes suceda a Rui Rio à frente dos destinos da autarquia da Invicta só poderá ser cabalmente explicado por algum experimentado psicanalista, dado tudo o que envolve. Porque se é verdade que é perfeitamente admissível que possa existir quem não goste do dr. Menezes, não acredito que alguém intelectualmente honesto e no seu perfeito juízo não reconheça o extraordinário trabalho que este levou a cabo do outro lado do rio ao longo da última dúzia de anos. Eu percebo que ao dr. Veiga seja difícil pousar o copo e cruzar a ponte para, sem tropeçar, ver uma Vila Nova de Gaia que deixou de ser um pardieiro para se transformar numa cidade organizada, moderna e sustentada – até porque há muito que, entre dois goles de algum líquido mais inebriante, a criatura escolheu Menezes como seu ódio de estimação. Também percebo que outros, esses mais respeitáveis e intelectualmente válidos, não simpatizem com alguém que nunca precisou de lhes prestar vassalagem para ter um percurso político próprio. E vou mesmo mais longe: admito que à decadente burguesia da Foz lhe custe que alguém nascido em Ovar e que nunca passou pelos selectos bancos do Rosário, do Luso-Francês, do Alemão ou dos Carvalhos, seja o próximo presidente da antiga, mui nobre, sempre e invicta cidade do Porto, sem que para isso tenha precisado de ir ao beija-mão.
Mas daí a andarem praticamente sem dormir para conseguirem encontrar alguém que se preste a um papel obviamente triste e penoso de não a ser um “candidato a” mas sim um “candidato contra”, é que começa a ser difícil de entender – tal como a aparente cumplicidade de um Paulo Portas, cujo carácter dúbio cada vez caracteriza um percurso marcado pela manhosice e deslealdade. Esse alguém parece mesmo ser o presidente da Associação Comercial do Porto a quem, para além de ser uma pessoa aparentemente estimável, e educada, propriamente não se lhe conhece currículo enquanto gestor ou político que lhe permita apresentar-se com credibilidade perante o eleitorado. No fundo, Rui Moreira, que está obviamente deslumbrado com a atenção e os holofotes que recaem sobre ele, vai ser assim uma espécie de “Carmona Rodrigues à moda do Porto” – ainda que, verdade seja dita, com um bocadinho de melhor aspecto. Mas isso não chega, n’é? 

5 ComentáriosDeixe um comentário

  • Amigo ZPF
    Ando TÃO OCUPADO a ver a novela da SIC que nem tenho lido nada sobre o PSD e o Porto. Diga-se de passagem que tanto uns como outros já deram o que tinham a dar. Antes votávamos quem achávamos melhor, agora votamos os que achamos menos corruptos ou, como no meu caso, não votamos já nunca mais em ninguêm.
    Mas voltando à novela da SIC, a Fraude, que repete logo a seguir na SIC Notícias, mais uma vez foi uma “ganda” porcaria.
    Muito “tan tan tan tan”….Violoncelos, piano forte!!! Imagens a piscar. Até parece um programa sério “e tudo”, daqueles que os americanos fazem e prendem todos os Banqueiros e amigos que fizeram porcaria.
    Cá ficamos pela plagiada música……e já vamos com muita sorte.
    Não dizem nada de novo.Não trazem nada de interesse para o caso.
    Só faltam mais dois capítulos para dizer tudo o que queremos saber: nomes,quem roubou realmente e onde foi parar o dinheiro que como todos sabemos, hoje em dia é impossível esconder o rasto por mais bem feito que seja o roubo!!!
    On veras…….

  • Vaz Serra
    Choro todos os dias com aquela fantochada da “Fraude” na SIC…Nunca melhor escolhido o nome do programa pois eu sinto-me “defraudado” com a “fraude” que é o mesmíssimo programa!!!
    Uma propaganda imensa que eu até pensava que iam ser todos presos, uns por falar demais e outros por finalmente ser expostos e……..a montanha pariu uma minhoca, lânguida,” lesmosa” e estéril……………
    Vamos ver os últimos dois…..mas pelo andar da carruagem………nem Belêm, nem São Bento, nem Paris, nem Constâncio estremecerão….

  • Caro Zé Paulo
    3º capítulo e ainda não disseram NADA, MAS NADA MESMO, que tenha interesse ou aporte algo de novo.
    TUDO o que têm dito está nos jornais e nos programas televisivos vistos até agora.
    Não fizeram investigação alguma para descobrir quem roubou realmente os portugueses e onde está o dinheiro.
    Isso e só isso pode interessar.
    Estou piursa!
    Talvez amanhã com o último o Holandês descubra os milhões e os congele para Passos Coelho os meter logo a seguir no……BPN…

  • Caro ZPF
    Hoje vi o último capítulo daquela coisa na SIC sobre o BPN.
    Parabêns aos que se fartaram de ganhar dinheiro dentro da SIC para fazer esta bosta em 4 partes…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *