José Paulo Fafe

O “cagaréu” e a “mula”

O GOZO que me dá apreciar o tempo que alguns imbecis perdem em “comentar”, a coberto de um sempre útil e acobardado pseudónimo, alguns dos meus posts! E que eu – pelas simples razão dos seus autores acanalhadamente preferirem ocultar as suas identidades – não publico. Ponto final. Mas se calhar até sou capaz de “ressuscitar” algum tema evocado por algum “cagaréu” manholas… O “caso Moderna”, por exemplo. Querem?! Ou, reunidos os “cagaréus” e analisada a fundo a questão, acham que é melhor não estar a lembrar coisas antigas. É que, neste caso e contrariamente ao adágio, acreditem que “há águas passadas que movem moinhos”…

2 ComentáriosDeixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *