José Paulo Fafe

Medíocre


O DISCURSO, ou melhor, os discursos de Cavaco Silva nas cerimónias do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portugueses apenas vieram confirmar aquilo que o País já constatou há algum tempo: a mediocridade mora em Belém e dali pouco mais se pode esperar senão a tacanhez de espírito por parte de quem não possui nem “mundo”, nem dimensão humana, nem talento político para ser chefe de Estado.

1 comentárioDeixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *