José Paulo Fafe

Mais uma oportunidade desperdiçada?


VALE A pena estar particularmente atento à forma como o governo irá gerir em termos comunicacionais o “dossier das PPP’s” no qual o governo de José Sócrates e “por tabela” o Partido Socialista possuem fundas e naturais responsabilidades. Posso estar enganado, mas “cheira-me” que mais uma vez o governo vai deixar-se “enrolar” em manobras de diversão que – note-se –  de forma inteligente já começaram a ser lançadas, nomeadamente as famosas e alegadas “listas de despedimento” que supostamente Vítor Gaspar mandou elaborar a cada departamento do Estado. Vai uma aposta?

1 comentárioDeixe um comentário

  • Amigo ZPF
    Isto está uma embrulhada que ninguêm quer meter-se com ninguêm porque todos têm telhados de vidro.
    Sabe-lo tu, sei eu e sabe quem tiver dois dedos de testa.
    Infelizmente este paupérrimo País esteve cego durante 48 anos e depois vieram os novos carrascos da cegueira colectiva.
    Todos sabemos que o Estado Novo nunca acabou na mentalidade lusa.
    Continuam a achar que o PR é o Paizinho e o PM o Padrinho e eles assim se comportam.Fazem o que lhes dá na real gana,não dão explicações algumas de nada e a Justiça,moribunda,vendida aos partidos, totalmente manipulada pelo bloco central,não faz o seu trabalho.
    Até Países que seriam considerados bárbaros, como na Europa da ex-cortina de ferro metem Primeiros Ministros na cadeia.
    Em Espanha, Juízes da craveira de Garzón, são levados a Tribunal.
    Aqui? Podem roubar, receber luvas, estar gravados em video e telefone nas maiores trafulhices que ninguêm é chamado a depôr ou sequer investigado.
    A vergonha do Governo Sócrates foi várias vezes exposta. As PPP’s lesam o Estado duma forma vergonhosa,mas este Governo podia alegar ilegalidade e cortar com todos os contractos.Não o fazem.Porquê?
    Os Swaps. Não fazem o mesmo,porquê?Porque os Bancos internacionais que estão envolvidos têm-nos apanhados pelos quatro costados.
    Há um mês um desses Bancos ia ser levado a Tribunal,o “amaricano”, e há uma semana já ia ser “companheiro de luta” do Governo para “apadrinhar” o saque nojento duma Empresa pública que dá dinheiro, os CTT.
    Não havia aquela máxima de que devíamos vender as empresas que dão prejuízo? Faz algum sentido vender as que dão lucro?
    Todas as oportunidades serão desperdiçadas porque os políticos no poder não são honestos,não dizem a verdade e andam a cortar ordenados e reformas já miseráveis, para depois pagar milhões de euros às empresas que nos passaram a perna nos contractos assinados por Secretários de Estado que deviam como mínimo estar a ser investigados…………

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *