José Paulo Fafe

Joaquim Barbosa, o verdadeiro "entretainer"


NÃO É só em Portugal que essa coisa de ser “ex qualquer coisa” é rentável – no Brasil também dá um jeitão. Que o diga o impoluto e intocável Joaquim Barbosa, o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal que, durante o já célebre julgamento do “mensalão”, encantou um  certo Brasil com uma  pose de justiceiro e de paradigma da ética que chegou a render-lhe até  (pasme-se!) o estatuto de “presidenciável”… Agora, aposentado e liberto da presidência da principal corte brasileira, Barbosa não arranjou melhor ocupação que a de  dar conferências por esse Brasil fora. E a sua primeira aparição nessa sua nóvel ocupação vai ser já na próxima segunda-feira, nada mais nada menos que chamado “congresso dos shoppings”… Por esse andar, ainda o vamos ver a animar convívios e saraus de empresas em resorts à beira-mar. Já faltou mais…

2 ComentáriosDeixe um comentário

  • Por falar em “Retirados”,relembro o “muy Honorable” Pujol e comento Sampaio……………..
    Há cerca de 10 anos a Democracia Portuguesa, coxa de Cavacos e Guterres,rebentou de vez.
    O PM Pedro Santana Lopes foi “afastado” por um Sampaio ressabiado e interesseiro num “Golpe Palaciano” que a história julgará, para meter o seu amigo de Partido recém chegado à liderança do PS,o inqualificável Sócrates.
    Santana meteu o dedo na ferida e não o perdoaram…..
    É que queria “mexer” na Banca, fazê-los pagar os devidos impostos etc e quem se mete com a Banca já sabe que sai mal parado. Assim foi.
    Desde então os impostos subiram em flecha.
    A dívida pública passou de uns 80 e pico mil milhões de euros com Santana Lopes para mais de 200 mil milhões.
    Neste momento nem se sabe o valor da mesma pois o Governo esconde as verdadeiras contas numa “Engenharia económica” impressionante.
    Em vez de descer os impostos para que os Espanhóis viessem deixar cá o dinheiro,faz-se o contrário.
    Gasolina,botijas de gás,Supermercados,Hotéis,Restaurantes,Auto-Estradas(e a roubalheira da Via do Infante no Algarve),ficaram de tal forma caros que foram os Portugueses a ir a Espanha gastar o dinheiro dando a Espanha um balão de oxigénio imenso.
    Cada vez há menos receita em Portugal e o Governo gasta cada vez mais em coisas que não interessam.(e neles mesmos,lógico).
    Espanha nunca teve que pedir resgate algum,tem um IVA de Restauração de 10 ou 11% ( em Portugal era altíssimo,de 13% e Passos subiu-o a 23%!!!! ) e o desemprego tem descido todos os meses no último ano.
    Espanha foi o único País da UE que cresceu economicamente nos últimos 6 meses.
    A Catalunha quer deixar Espanha, devíamos aproveitar e pedir a adesão.
    Cada vez que estes Senhores sobem os impostos ou criam novos, não vêem que estão a lesar a economia do estado.
    As pessoas hoje em dia podem comprar tudo na Net muito mais barato e receber por correio.
    Portugal é tão pequeno que mais de metade dos cidadãos pode ir a Espanha meter gasolina,comprar a comida do mês e ir buscar o gás.
    Sei de famílias que mudaram de gás natural português a botija para poder ir buscar a Espanha.
    A mesmíssima GALP vende-as,iguais, por metade do preço em Espanha.
    A Gasolina está na GALP em Espanha neste momento a 1,42eu.
    Passos Coelho continuou o trabalho de Sócrates,só que ainda ninguém viu.
    Eu falo nisso há 3 anos!!!!!
    Portugal bateu fundo e agora está a esburacar esse mesmo fundo para se enterrar ainda mais……….
    Alguém faz alguma coisa????Please?!

  • Amigo ZPF
    Tenho acompanhado com interesse as duas novelas actuais na TV portuguesa.
    Apesar de auto-exilado, gosto de saber como são tratados os que não podem fazer o mesmo que eu.
    Costa/Seguro e a morte (política) lenta do Primeiro Ministro que eu anunciei há 3 anos trinta mil milhões de vezes e ninguém me ligou.
    É lamentável que chegue Passos desta maneira ao fim da sua carreira,mas quando se tem telhados de vidro,mesmo que muito barato, não se deve brincar com o fogo.
    Não há pior fera que a ferida ( vimos a vingança de Sócrates na RTP ) e os inimigos foram crescendo.
    Só no BES o barulho dos gritos silenciosos são imensos.
    Só alguém muito pouco inteligente não resolve os seus “problemas” antes de se expôr na política e mais se com intenções de governar.
    Costa e Seguro nem têm definição possível.
    É que a Sócrates pode-se juntar muitos adjectivos mas a estes dois miseráveis?
    Com os desejos de que os “partos” não sejam mais dolorosos para o povo portugués, um abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *