José Paulo Fafe

Isto há cada coisa…

TENHO UM amigo que passa a vida a dizer que, depois de ver o muro de Berlim desfeito, nada mais o poderá surpreender. Eu até há algum tempo partilhei dessa “tese”, mas desde que li (e vi…) Luís Filipe Menezes alinhar pelo mesmo diapasão que o dr. Veiga (“é com muito gelo, se faz favor!“), acho que ainda tenho capacidade para me surpreender. Mesmo que seja relativamente a Paulo Portas e esse seu sonho (pesadelo?) em vir a ser candidato a primeiro-ministro…

1 comentárioDeixe um comentário

  • É um tipo de trabalho que faz lembrar a “central” do PS. Faz-se tudo por mais um voto. Compreende-se. Mas…agora??? Viessem mais cedo. Que conquistem o voto pelo mérito do caminho traçado e pelo valor das propostas. Mas, como houve falhas graves nesse caminho, atiram-se agora ao “amigo”? Há uma parte do eleitorado que está cansado que os tomem por “lorpas” e que lhes passem sucessivos atestados de burrice. Admito que cole com muitos, comigo não.

    Já agora, porquê ter que ler ou ouvir Miguel Veiga sempre que estamos perto de um acto eleitoral, seja no PSD ou no país? Porquê? Que merecimento tem para receber toda essa atenção?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *