José Paulo Fafe

Isso não se faz…

ONTEM, DURANTE as comemorações do 5 de Outubro que decorreram na Praça do Município, as televisões precipitaram-se em entrevistar Guilherme Silva a propósito do famigerado “caso da dívida madeirense”. E na plateia, o deputado do PSD lá foi dizendo das suas razões e defendendo o ponto de vista do seu líder Alberto João Jardim. Até aí tudo bem… O problema é que as câmeras de televisão mantiveram o “plano aberto” e enquanto o deputado social-democrata esgrimia os seus argumentos, ao lado um visivelmente desconcertado António José Seguro ciente dessa sua involuntária aparição televisiva e sem ter rigorosamente nada a ver com aquilo, não conseguia esconder um enorme desconforto, nitidamente sem saber o que deveria fazer: se  levantar-se ou não; se  olhar para o lado ou para o céu; mas certamente pedindo a “todos os santinhos” que os repórteres de imagem “fechassem o plano” e o tirassem do ar – a ele e ao seu ar mais do que “encavacado”!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *