José Paulo Fafe

Festa a dois…

PARECE QUE a vitória de François Hollande foi efusivamente celebrada lá para os lados do Largo do Rato, com os socialistas liderados por Tozé Seguro a “cavalgarem a onda” da vitória da esquerda nas presidenciais francesas e tentarem-na rentabilizar o mais e melhor possível. Mas por muito alegre que tenha sido esta noite no antigo palacete dos marqueses da Praia, ninguém me tira da cabeça que quem deve ter ficado mesmo contente com a vitória socialista em França foi, nada mais nada menos que… Passos Coelho, tal o alívio sentido com o previsível fim do malfadado eixo “franco-alemão” protagonizado pela dupla Merkel/Sarkozy e que tantas dores de cabeça tem provocado ao executivo português…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *