José Paulo Fafe

Feio, muito feio…

O DISCURSO de vitória de Cavaco Silva é revelador do seu carácter e personalidade. Em vez de responder na altura certa às suspeições que sobre ele foram levantadas, preferiu esconder-se atrás de uma vitóriazinha de Pirro para “vingar-se” de quem, em pleno exercício do seu direito, o questionou em sede própria sobre o seu envolvimento no “folhetim SLN/BPN” e até da atribulada compra e venda das vasas de férias algarvias. Como aqueles miúdos que aproveitam a presença do “paizinho” para insultarem os colegas, Cavaco aproveitou o discurso para “ajustar contas” com os seus adversários na corrida presidencial. Feio, muito feio, até para quem nunca conseguiu desmentir nenhum dos factos (repito, factos) que foram divulgados sobre as suas operações financeiras e imobiliárias…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *