José Paulo Fafe

A estratégia de Sócrates

NOS ÚLTIMOS DIAS, os estrategas de comunicação de José Sócrates têm tentado (e com algum êxito, reconheça-se…) “desviar o foco” do polémico “dossier das escutas” do primeiro-ministro e colocá-lo num outro patamar, retirando-lhe a “carga” ética e moral. Num esforço sobre-natural, os homens de S. Bento não hesitam em “sacrificar” os dois “boys” da administração da PT nomeados pelo governo, o próprio Henrique Granadeiro e até reconhecer clivagens e críticas em surdina dentro do próprio PS. Tudo em nome da “salvação” daquele que, nos meios do poder socialista, é respeitosamente tratado como “o chefe máximo”… O esforço é de tal ordem que até a polémica com as agências de rating internacionais voltou a estar em cima da mesa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *