José Paulo Fafe

A esperança da Dra. Manuela

DE FACTO, a esperança é (mesmo) a última a morrer. Que o diga Manuela Ferreira Leite que, “sem saber ler, nem escrever”, ainda se arrisca a que o País lhe caia nos braços. Pelo menos há quem defenda um cenário desse tipo, dada a alegada gravidade do teor das já famosas escutas feitas a José Sócrates e que, se divulgadas – segundo alguns – poderiam “inevitavelmente” conduzir à sua demissão – ou por motu proprio, ou por exigência presidencial… Daí esta “morrinha” que parece ter tomado conta do PSD e do “folhetim” da sucessão da antiga ministra de Cavaco. Isto há cada coisa…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *