José Paulo Fafe

Detalhes

AS IMAGENS que as televisões mostraram ontem do Conselho Nacional do PSD não foram propriamente as mais adequadas. O comportamento demasiado extrovertido (para não dizer esfuziante) dos conselheiros social-democratas, dificilmente escondendo um optimismo que às vezes poderá ser confundido com um pouco oportuno “apetite”, não se coaduna propriamente com a postura serena, responsável e de Estado de que os responsáveis “laranjas” tanto se ufanam. E já agora, não resisto a chamar a atenção para um detalhe que, não sendo mais que um detalhe, demonstra muita coisa – quanto mais não seja falta de respeito… É que à entrada, enquanto Pedro Passos Coelho prestava declarações às TV’s, a barulheira das conversas e gargalhadas feita pelos conselheiros era tanta que o líder social democrata teve de subir o tom de voz para sobrepor-se à galhofa que tinha como “fundo” e assim ser ouvido. Convenhamos que não é normal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *