José Paulo Fafe

Desgraçadamente, é este o Presidente que temos…


O CIDADÃO Aníbal António Cavaco Silva não gosta do escritor José Saramago. Está no seu pleno direito – eu também nunca gostei da criatura nem do que ele escrevia. Agora o que o cidadão Cavaco Silva não pode esquecer é que é Presidente da República e no desempenho do cargo para o qual – mal ou bem… – foi eleito não pode, sob pena de confirmar as suspeitas que caem sobre a pequenez do seu carácter, “esquecer-se” de nomear aquele que foi o único português a ser distinguido com prémio Nobel da Literatura – ainda para mais no discurso de inauguração da Feira do Livro de Bogotá, onde Portugal era o país convidado. Além de não ser bonito e revelar uma mesquinhez própria de quem não possui “mundo”, Cavaco cometeu um erro de palmatória – o de deixar que a sua visita à Colômbia e ao Perú ficasse marcada por um episódio lateral e que poderia ter sido evitado. Pois é: o que nasce torto, dificilmente se endireita!

1 comentárioDeixe um comentário

  • Amigo ZPF
    É que um, que também não era da minha simpatia, tinha o Nobel da Literatura e este recebeu o Nobel do Provincianismo e da “Saloiez”…
    Hoje na tomada de posse dos anti-governo ( os novos Secretários de Estado que sempre disseram pessimamente do Governo para onde agora acederam entrar ),Cavaco estava com uma cara que eu pensei que ele ia cair a qualquer momento…
    A “coisa” deve estar novamente a avançar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *