José Paulo Fafe

Desculpe lá… o sr. deputado tem prima?


EU JÁ tinha percebido que aquela balofa criatura que responde pelo nome de Carlos Abreu Amorim – que vá lá saber-se porque artes e manhas voou há dois anos da fronteira da extrema-direita radical e caceteira para cabeça-de-lista do PSD e posteriormente para uma das vice-presidências do grupo parlamentar – não era propriamente flor que se cheirasse. Não foi pelo ar bestunto e algo azeiteiro (para usar expressões que certamente lhe serão caras…) que exibe cada vez que as câmaras o focam, não, não foi por isso. Foi mais pelo oportunismo político que tem mostrado ao longo destes últimos dois anos e que teve, até ontem, o seu ponto-alto, nas destemperadas e abjectas críticas feitas ao ministro das Finanças – tudo para, como candidato à câmara de Gaia (ao que isto chegou, meu Deus…), tentar amealhar mais uns votos por parte de quem naturalmente se sente descontente com o rumo do País. Mas isso não chegava à patética personagem que, certamente desesperado pela entrada de José Guilherme Aguiar na corrida eleitoral, precisava urgentemente de fazer alguma coisa para inverter a natural “curva descendente” da sua candidatura. E o momento foi ontem, quando o Futebol Clube do Porto se sagrou campeão nacional… Não sei se aconselhado por algum consultor mais voluntarioso, a obelixiana criatura resolveu, via twitter, “colar-se” à vitória portista e teclou: “Magrebinos: curvem-se perante a Glória do Grande Dragão!“. Não contente, daí a bocadinho e porventura sabendo que a SIC-N entrevistava em directo desde a Avenida dos Aliados o seu rival Guilherme Aguiar, o cretino voltou a atacar: “Agora vou para a Baixa e para o Dragão com a canalha (já habituada) celebrar mais um campeonato! Thank You, Jesus!!!“. Vale a pena dizer (mais) alguma coisa? Vale. Perguntar ao deputado Amorim se ele tem prima… Estamos entendidos?

PS – Já agora, para que conste e para quem não saiba: não sou benfiquista e, apesar de ser de Cascais, não sou magrebino. Magrebina será porventura a mãezinha do sr. deputado, vá lá saber-se…

2 ComentáriosDeixe um comentário

  • Amigo ZPF
    Ele é uma pessoa fantástica….
    Quem era Magrebina e nunca devia ter nascido,com todo o respeito pelos meus amigos do Magrebe (e não são poucos,aqui em Londres)era a trisavó do filho de filhó frita em azeite rançoso que assim o fez tão cheio de toucinho mal cheiroso.
    Assim que a “tia” tambêm é.
    Sabes que quando não se sabe de onde vem o nosso adn,como é o caso, fica-se com a impressão de que os Galegos são nossos avós.
    Pelo menos na cozinha ficam bem servidos pois as minhas amigas Galegas cozinham na perfeição.
    Boa gente da Galícia,pena que a “naçon” não seja independente………….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *