José Paulo Fafe

A desaustinada ambição de voltar a ser ministro…

PODEMOS GOSTAR ou não de Manuel Alegre. Admito mesmo que exista quem não goste dele como político, que discorde das suas posições; que o deteste enquanto poeta, achando-o de “rima fácil”; quem abomine as suas barbas ou a sua voz; ou, por exemplo, quem se irrite com a sua paixão pela caça. Agora ouvir alguém, como José Lello, que fez a sua carreira política a contar anedotas e a ter-se a si próprio em grande conta, brindando-nos amiúde com banalidades bacôcas e servis, a questionar o “carácter” de Alegre é algo que nem a desaustinada ambição de voltar a ser ministro pode justificar…

2 ComentáriosDeixe um comentário

  • Estou de acordo contigo.
    E mais: lançar Lello contra Alegre só prestigia o segundo mais que não seja por comparação.
    Mass o grave nem sequer é a ambição mal escondida de Lello em ser ministro.
    Grave,grave é que já foi !

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *