José Paulo Fafe

Dá gosto lê-lo!

NÃO SEI se é gordo, magro, alto ou baixo, se tem vinte, trinta ou quarenta anos. Como diz o outro, “não o conheço nem do eléctrico”. Chama-se Rui Miguel Tovar, escreve sobre desporto no cada dia mais “pobre” jornal “i” (apesar do meu amigo Rui Costa Pinto, que desde hoje lá assina uma crónica…) e é sempre uma delícia ler os seus inteligentes e criativos textos. Num tempo em que a mediocridade é quase uma constante na nossa decadente e desinteressante imprensa, o talento e a imaginação de Tovar faz-me lembrar outros tempos, onde fazer jornalismo era sinónimo de prazer e inteligência…

1 comentárioDeixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *