José Paulo Fafe

CDS/Porto: é preciso ter lata…


LEIO QUE o CDS do Porto manifestou a sua indisponibilidade em apoiar uma eventual (e cada vez mais certa) candidatura de Luís Filipe Menezes à Câmara Municipal do Porto. Até aí tudo bem… Curioso é um dos argumentos invocados pelos centristas da Invicta: “O CDS não poderá apoiar quem, por norma, possa seguir opções idênticas às que nos deixaram numa situação de bancarrota, com uma dívida pública maior que toda nossa capacidade produtiva nacional num ano“. No mínimo extraordinário, especialmente vindo de quem, ao longo de quase doze anos, não parou de mendingar junto do mesmo  Menezes vários cargos de assessorias na Câmara e nas empresas municipais de Gaia para distribuir pelos seus militantes… Haja vergonha!

2 ComentáriosDeixe um comentário

  • As eleições autárquicas não são assunto pelo qual tenha,actualmente,grande interesse. Mesmo assim não deixo de constatar que há um cds no Porto e outro em Gaia.
    O de Gaia, como dizes e bem, que andou dezasseis anos a viver na sombra e é custa das vitórias eleitorais de Menezes. E o do Porto que agora toim,a esta posição verdadeiramente vergonhosa.
    No fundo mais um passo na estratégia da rapaziada para o dia seguinte à queda deste governo.

  • Amigo ZPF
    Infelizmente lata é o que todos os políticos têm de sobra e os que agora estão no poder têm conseguido ultrapassar o mesmo “metal” dos passados Governos destruidores Socialistas.
    Hoje tive pena de ouvir nas notícias que Berta Cabral se demitiu.
    Se for para mudar-se para Lisboa, ficaria contente.
    Se foi para calá-la, fico elucidado.
    Sempre que aparece, e geralmente mulheres, um político que joga com a verdade não só o povinho mente capto de pai e mãe não os vota como são logo afastados pelos partidos, sejam eles PSD ou PS.
    Se pudéssemos pagar a dívida pública com “lata” retirada dos políticos estávamos a emprestar dinheiro à Alemanha.
    Muitos se riam com Medina Carreira…”Velho tonto” diziam uns….”Bôbo” diziam outros….
    Hoje temos à vista o que ele diz há anos.E o mais engraçado é que Governo trás Governo se faz precisamente o que não devia ser feito e tudo…..por um punhado de cêntimos vindos dos mesmos 3 ou 4 embuçados, esses, os verdadeiros governantes da Nação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *