José Paulo Fafe

Já não há “facebook” que lhe valha…

DESDE QUE arribou a Belém e sempre que confrontado com perguntas mais incómodas, Cavaco Silva optou sempre por escapulir-se a responder olhos nos olhos e a remeter os seus interlocutores para o site da Presidência da República ou mesmo para a sua página pessoal no “Facebook” – o que já por si revela bem a irresistível tendência da criatura para tentar “passar entre os pingos da chuva” e fugir ao escrutínio contínuo que o exercício de funções presidencial logicamente o obriga. No fundo, Cavaco sempre preferiu escudar-se num cómodo “cyber-comunicado” ou num aparente desabafo facebookiano a ter de responder a questões que lhe são visivelmente incómodas, como por exemplo as suas relações com o “universo SLN/BPN” ou aquela trapalhada das suas reformas, pensões, salários e subsídios de férias e Natal. Mas hoje, após a sua terminante recusa em esclarecer este último tema – “Já me pronunciei uma vez sobre a situação, nunca mais…” – percebe-se que já não há “Facebook” que lhe valha…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *