José Paulo Fafe

A cada vez maior importância do “voto útil”

AS ÚLTIMAS sondagens que voltaram a dar um “empate técnico” entre PSD e PS penalizam antes de mais CDS/PP e Bloco de Esquerda, as primeiras vítimas do chamado “voto útil”, por parte de um eleitorado que, perante uma margem de diferença tão escassa, preferirá escolher PSD e PS a esses partidos no momento do voto. Quanto mais próximas estiverem as previsões sobre o score eleitoral dos dois principais partidos, mais esse voto útil será uma “arma” a jogar, tanto por José Sócrates como por Pedro Passos Coelho neste última semana de campanha. Arrisco-me a vaticinar que aquele que cometer menos erros (e ambos têm-nos cometido…) nos próximos dias é quem vai cantar vitória no dia 5 de Junho.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *